Mil dicas Mulher empreendedora

Estratégias para empreender na pandemia

0 comentários

Ao longo desses últimos meses o comércio sentiu um forte impacto com a pandemia do Covid-19. O sumiço dos consumidores das ruas, fez com que as vendas pela internet crescessem consideravelmente. Neste momento em que vivemos, temos que pensar sempre com otimismo e acreditando que essa crise irá passar logo. Por isso pensamos em algumas dicas para você que é empreendedor e está atrás de soluções para o seu negócio.

Vamos a elas!

Screenshot_1

Dar tempo ao tempo

Mesmo com todos os planos que haviam sido criados para o ano de 2020, ninguém contava com uma pandemia que fosse responsável por estremecer o cenário econômico do nosso País. Para driblar essa crise, os donos de empresas devem ter planos imediatos em mente, pois um impacto dessa proporção requer um tempo para ser processado. Com o novo coronavírus criaram-se desafios e oportunidades, não somente para as empresas como para as famílias. A maior parte das pessoas irá ficar abalada por um tempo. Tire um tempo para respirar fundo e se concentrar em tudo que está acontecendo e focar no futuro do seu trabalho/empresa.

Criatividade

Sabemos que a criatividade pode nos destacar de muitos, com isso, o ideal é que sua empresa consiga viver com ações diferenciadas, prestando com mais atenção no comportamento do seus clientes. Você pode realizar campanhas pelo seu whatsapp, enviando ofertas dos seus produtos e instigando o cliente a comprar, oferecendo descontos e promoções novas. Realizar cadastro em plataformas de venda on-line, pode ser um diferencial; tais como: Enjoei, Mercado Livre, entre outros.

Você pode criar uma lojinha no Instagram que já virou uma ferramenta de trabalho e traz muito sucesso para aqueles que sabem abusar da rede social. Veja aqui mais dicas para aumentar os seus ganhos pelo instagramO que pode lhe ajudar também, é usar ferramentas de impulsionamento ou até investir um pouco a mais e fechar parcerias com influencers. Que expõe muito os seus produtos na internet e proporcionam um alcance maior e mais rápido.

Avalie os seus gastos

É de extrema importância que você empreendedor conheça os custos da sua empresa, e sendo assim, esteja apto para avaliar quais são os gastos imprescindíveis para manter o seu negócio funcionando. Em uma situação de queda de faturamento, você precisa priorizar o que é importante e cortar o restante.

blog2

Uma dica que damos é fazer um orçamento base zero, ou seja, pense que você esteja montando seu negócio do zero hoje. Quais os gastos primordiais para sua empresa funcionar?  E depois compare com o seu orçamento atual para saber o que se pode cortar sem prejudicar a experiência do cliente. Não é o momento para investir em novos fornecedores ou ter gastos elevados com coisas que não são tão necessárias, agora é hora de parar, recalcular e se organizar. Economizar agora e poder investir lá na frente quando tudo isso passar.

Fornecedores

Como falamos no último tópico, com a queda do faturamento você vai precisar negociar com os seus fornecedores um prazo que seja melhor para ambos para você conseguir cumprir os seus compromissos. É sempre importante ter um bom relacionamento com os seus fornecedores para esse tipo de situação, para que você consiga chegar em uma boa solução. Esse tipo de negociação pode lhe trazer o gás necessário para manter em dia suas contas que não podem ser deixadas para depois. 

Screenshot_2

Planejar o futuro

Uma coisa é certa: tudo irá ser diferente no futuro. As empresas já estão adotando práticas novas para conseguir clientes, agora é a hora de conseguir a maior quantidade de informações para antecipar o que irá mudar nos setores e nos negócios em geral. Estamos vivendo um momento de reinvenção, é a hora de imaginar novas maneiras de trabalhar e novos serviços para os seus clientes. É fundamental ser mais flexível nesse momento e começar a agir.

Ajude o seu cliente

Não é um momento fácil, por isso é necessário ter em mente que os relacionamentos são fundamentais. Neste momento é importante se aproximar do cliente. Use suas mídias sociais para fazer contato e criar uma relação de empatia e proximidade. Essa é a hora de retribuir, e para ajudar os seus clientes durante essa crise, dê dicas, mostre ferramentas, realize pesquisas ensinando e mostrando o passo a passo de como podemos nos reinventar.  Acreditamos que essas dicas podem te ajudar a passar por isso de uma maneira mais leve, e sem perder o seu sustento.

cliente

Siga essas dicas e aplique no seu negócio, você vai conseguir sair ainda mais forte disso tudo. E se você acha que precisa de mais, eu tenho uma boa notícia pra você, nós temos um e-book com dicas maravilhosas sobre a arte de vender bijuterias, como se tornar uma microempreendedora e entre outras ideias fundamentais para você que gosta de empreender.

 

 

CONTEÚDO VIP

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

VEJA TAMBÉM