Mulher empreendedora

5 motivos para começar a revender bijuterias

0 comentários

Revender bijuterias é uma atividade altamente lucrativa e prazerosa. É indicada para pessoas organizadas, dedicadas e com perfil empreendedor, que topam desafios e novidades e têm aptidão para gerir a própria empresa.

Tornar-se uma revendedora de bijuterias é simples. Primeiro você precisa de um capital para investimento, reservar uma quantia para manter o negócio (com novas compras), encontrar um fornecedor de confiança e ter uma boa rede de contatos que vai te ajudar a conquistar clientes.

Revender bijuterias é uma forma de você conquistar a independência financeira, realizar sonhos e se planejar. Nós enumeramos cinco motivos para te convencer a se tornar revendedora. Confira!

1. Baixo investimento

Você não precisa fazer um alto investimento para começar a revender bijuterias. Logo no início do empreendimento, você vai precisar basicamente de: fornecedor confiável, capital de giro, empresa/marca, bijuterias, mostruário e clientes. As técnicas de vendas você vai desenvolvendo e aprimorando com o tempo.

O investimento médio para começar a revender bijuterias geralmente fica abaixo de R$ 1 mil. E o retorno dessa aplicação acontece rapidamente porque, como você verá adiante, os acessórios são produtos fáceis de vender, pois são itens bonitos, baratos, de moda e de consumo imediato.

2. Venda fácil

Bijuterias são produtos de consumo imediato e estão entre os itens de moda mais fáceis de vender por terem um preço para o consumidor final bem em conta. São mais baratas que joias e semijoias e, se você fizer compras de um fornecedor confiável, poderá oferecer bijuterias de qualidade, agregando valor ao seu negócio.

É muito mais fácil vender produtos que custam até R$ 50 do que itens de valor acima de R$ 100.

O preço baixo da bijuteria para a consumidora final vai refletir para você uma alta margem de lucro.

revender bijuterias

Foto: Artem Bali

3. Alta lucratividade

Revender bijuterias dá dinheiro, permitindo que você trabalhe com uma excelente margem de lucro.

As revendedoras de bijuterias podem ter, em média, 100% de markup, já eliminando todos os descontos concedidos às clientes. Se uma peça foi comprada por R$ 10 no atacado, o preço final deve ser R$ 20.

Em alguns casos, é possível aplicar um taxa de até 200% sobre o preço de custo, basta que você entenda o comportamento da clientela e chegue à conclusão de que mesmo aumentando um pouco o preço, aquela bijuteria ainda será um sucesso de vendas.

A margem de lucro mínima indicada para as revendedoras é entre 75% e 80% sobre o preço de custo. Nós não recomendamos que você trabalhe abaixo dessa linha, pois corre o risco de ter prejuízo.

4. Ter o próprio negócio

Revender bijuterias te dá a possibilidade de ser dona do próprio negócio. Ter liberdade para fazer seus horários, definir quantas horas trabalhará diariamente e fazer a gestão da empresa conforme você achar que é correto.

Não confunda flexibilidade com menos trabalho! Você não vai trabalhar menos sendo dona do próprio negócio, pelo contrário. Ser empresária demandará estudos, tempo e dedicação.

revender bijuterias

Foto: rawpixel

Para começar no ramo de revenda de bijuterias, recomendamos que você se registre como Microempreendedora Individual (MEI). A inscrição como MEI tornará o seu negócio profissional, com acesso a produtos bancários especiais e te dará segurança com a cobertura previdenciária para você e seus dependentes.

Veja os benefícios:

Para você: aposentadoria por idade, auxílio doença e aposentadoria por invalidez e salário-maternidade.

Para os dependentes: pensão por morte e auxílio reclusão.

5. Conquistar a independência financeira

Revender bijuterias te dá a chance de alcançar a tão almejada independência financeira. Você poderá ter o seu próprio negócio, seguindo suas regras e se dedicando a algo que você tem afinidade.

Lembre-se que você não terá um salário fixo, e sua renda mensal vai depender do seu empenho no trabalho. Claro que há períodos sazonais – de altas e baixas vendas -, por isso você vai precisar ter um controle financeiro rígido.

Você pode revender bijuterias tanto para complementar a renda (quando você já tem um trabalho formal) quanto para ser sua atividade principal.

A independência financeira permite que você realize sonhos e faça um planejamento financeiro a médio e longo prazo.

Esses motivos te convenceram a se tornar uma revendedora de bijuterias? O próximo passo é procurar um fornecedor de confiança, com anos de mercado e produtos de qualidade. A Mil Bijus oferece tudo isso com o plus da facilidade das compras na loja virtual. Clique no banner para conhecer!

revender bijuterias

CONTEÚDO VIP

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

VEJA TAMBÉM